O verão chegou

Hoje foi o primeiro dia de verão. Ainda é. Dizem que terá sido no dia 21 mas eu desconfio. As estações chegam quando muito bem lhes apetece, não querem saber de obediências cegas a mapas ou calendários. O verão chegou hoje, e com ele chegou um calor imenso, maior do que aquele que se suporta passeando pela rua, maior do que aquele que se suporta na horta. Em alturas assim, tratar a horta é um exercício nocturno, meio clandestino, meio à lua, meio assombrado. Ou então, logo pela madrugada, mal o sol se dá ao céu, e ainda as estrelas embalam as árvores. Regar, regar, regar. Tudo o que há a fazer é regar, e sentir escorrer por entre os dedos a água apaziguadora. Haja lua, haja luz do luar. E haja lua. E está tudo bem.

1 comentário: