Que cousa esta é?

Andava a passear nas proximidades de uma beringela. Quase a vi, à planta, rumorejar um fru-fru de folhas afastando-se da estranheza do bicho. Vermelho como sangue vivo. E uma série de patinhas. Sairá ao pai? Sairá à mãe? Donde veio cousa assim? Pois que não o sei. Fica aqui para a posteridade ou para que aqueles senhores que estudam os insectos possam sobre ele debruçar-se, caso assim o entendam. Esta é a melhor imagem. A cousa não parava quieta e julgo eu que a minha câmara tem medo destes e doutrossins (ela eufemiza o embaraço e chama-lhe receio...).


Sem comentários:

Enviar um comentário