O tomate-cereja

O tomate-cereja é uma espécie de tomate mais pequeno do que o habitual, e daí o seu nome. Verdade seja dita que não é tão pequeno como uma cereja, mas julgo que a ideia passa bem. É geralmente doce e muito usado em saladas. Nós usamos. E usamos muito com queijo mozarela; a combinação é muito boa. O tomate-cereja, também conhecido por tomate-cherry, foi a primeira planta que tive na horta. Aliás, antes de ter uma horta já tinha a planta, oferecida por uma amiga.

tomate mini

A horta foi o seu terceiro lar. Primeiramente, plantei-o num terreno ao lado do meu apartamento, mas logo percebi que fora péssima ideia porque não conseguia minimamente controlar o que por lá se passava. Depois, transplantei-o para um vaso. Pouco cresceu, o vaso não permite grandes aventuras de crescimento. Finalmente, transportei-o para a horta e por lá tem vegetado. E vegetou bem. Vegetou, floriu e frutificou. E ainda frutifica. Da planta já colhi imensos frutos pequeninos. E ofereci muitos também. A certa altura parecia uma árvore de Natal, carregada de bolinhas vermelhas. Uma delícia de ver. Um pequeno e frágil pé de tomateiro consegue a mais maravilhosa proeza de nos encher a barriga e o lugar do cérebro reservado às alegrias, caso o tratemos com o carinho merecido. A melhor forma de o comer? Exatamente como sai do tomateiro, bem fresco e apenas lavado em água.

Sem comentários:

Enviar um comentário